Onde os germes se escondem na sua casa e como eliminá-los?

Compartilhe
Onde os germes se escondem na sua casa e como eliminá-los?

Onde os germes se escondem na sua casa e como eliminá-los? 

Você higieniza o seu banheiro frequentemente? Sabe dos problemas que os germes podem causar contra a sua saúde? Isso é ótimo! Mas com que frequência você tem trocado as toalhas de banho e as toalhas de rosto de seu banheiro? 

 

E a esponja de lavar louça da sua cozinha, quando foi a última vez que você a trocou? Já pensou no seu microondas e geladeira? Consegue se lembrar com clareza quando foi a última vez que você os desinfetou? 

Os micróbios e germes estão em todos os lugares e muitos deles fazem bem ao nosso organismo, pois ajudam e fortalecem o nosso sistema imunológico. Contudo, não são nesses germes benéficos que pensamos quando higienizamos os ambientes da nossa casa.

São os germes perigosos em que pensamos quando desinfetamos os utensílios e eletrodomésticos: vírus da gripe, salmonela, listeria, mofo, estafilococos e bactérias fecais, entre inúmeros outros.

Mas você tem limpado os locais exatos onde os germes estão escondidos em sua casa? Vamos checar algumas coisas. 

 

Germes no banheiro

Quando se fala de germes e bactérias dentro de casa, podemos achar que o banheiro é o lugar mais propício para estar cheio de bactérias, certo? Errado.

O banheiro é um dos lugares que mais limpamos justamente por acharmos que é lá o foco das bactérias. Por isso o ambiente tende a estar livre de germes quando comparado aos outros lugares da casa.

Mas você já pensou nas bactérias que saem do seu banheiro e vão para o restante da casa? Estudos comprovam que, ao dar a descarga do vaso sanitário com a tampa aberta, os germes podem se espalhar por até seis metros. 

Isso mesmo, seis metros!

Sim, isso significa que a sua escova de dentes, toalhas de rosto e banho, pia e vários outros itens dentro do seu banheiro podem estar cobertos por bactérias fecais. 

E lembre-se, essas bactérias não são apenas do seu organismo, pois os outros moradores e visitantes da sua casa também espalham germes fecais. 

 

Afinal, qual é o lugar mais germinativo na sua casa?
A cozinha, definitivamente, é o lugar com mais bactérias e germes na sua casa. Por isso é que intoxicações alimentares sem motivos aparentes podem surgir de vez em quando. 

A pia é um dos maiores reservatórios para bactérias desagradáveis. Frequentemente descongelamos alimentos crus como carnes, frangos e peixes sem nos atentarmos à higienização correta.

E depois acabamos por preparar outros alimentos neste ambiente que está contaminado, o que não deveríamos fazer. 

 

Você está espalhando bactérias e não sabe disso!

Você costuma fazer a limpeza da sua mesa de jantar, balcão e fogão com o mesmo pano de limpeza ou esponja que usa em sua pia? Essa é uma péssima ideia. Como você já viu, a sua pia está frequentemente exposta a bactérias. Tome cuidado para não espalhá-las. 

Um estudo do ano de 2017 publicado pela Scientific Reports encontrou cerca de 362 espécies diferentes de bactérias em esponjas de cozinhas. Mais de 82 bilhões de bactérias estavam vivendo em poucos centímetros de espuma. 

A grande questão é: como se livrar delas? E a resposta não é a mais atrativa, pois exige que você troque a esponja e panos de sua pia ao menos uma vez por semana. Ferver as esponjas ou lavá-las não dão resultado, pois as bactérias voltam a crescer. 

Lidar com bactérias e germes não é uma tarefa fácil. Descuidos prolongados podem colocar a sua vida em risco com infecções e doenças. 

Por isso a Medicar recomenda que você lave os utensílios de sua casa com produtos desinfetantes e próprios para a higienização - principalmente os da cozinha. Se atente também aos seus objetos de limpeza - como as esponjas ou panos de limpeza - e os troque por novos regularmente. 

O melhor caminho para uma vida saudável é a prevenção! Preze por sua qualidade de vida! Continue acessando o nosso site e redes sociais para mais dicas e informações sobre sua saúde. 

RECEBA NOVIDADES