O QUE FAZER EM CASOS DE ACIDENTES DE TRÂNSITO? 

Compartilhe
O QUE FAZER EM CASOS DE ACIDENTES DE TRÂNSITO? 

O QUE FAZER EM CASOS DE ACIDENTES DE TRÂNSITO? 

Quando o assunto é precaução no trânsito, alertas nunca são demais. Afinal, com o intenso fluxo de carros e pedestres nos grandes centros metropolitanos brasileiros, ninguém nunca está livre de se envolver em um acidente de trânsito. Segundo o Conselho Federal de Medicina, acidentes de trânsito causam 5 mortes no Brasil a cada 1 hora.

Com os altos índices de chances de se envolver em acidentes no trânsito, confira algumas orientações de como agir nesses casos.

 

Verifique se a situação oferece perigo

A primeira coisa que é necessário ter em mente é que, além da obrigação moral e da boa conduta, a lei obriga que o responsável preste socorro em situação de colisão e acidentes.

Segundo as orientações do Departamento de Medicina de Tráfego Ocupacional da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), ao se envolver em um acidente o motorista deve checar se a situação oferece perigo aos envolvidos. Em situações de colisão, fogo e explosões podem vir a acontecer. 

 

Chame socorro

Após isso, é necessário constatar quantas pessoas estão feridas e envolvidas no acidente, a fim de que seja possível informar ao serviço de emergência quantas pessoas precisam de socorro.

Depois de pedir socorro, a segunda coisa indicada a se fazer é sinalizar o local do acidente corretamente, a fim de que os carros que passam pelo local não acabem causando mais danos. O indicado é sinalizar o local com o triângulo do veículo e, se possível, com outros objetos que estejam à disposição, a fim de que o local fique bem sinalizado.

A sinalização deve acontecer a uma certa distância do local. A Abramet disponibilizou instruções, e você pode conferir abaixo.

Acalme os feridos

Com a sinalização feita de forma adequada e eficiente, o motorista deve se dirigir aos feridos. Geralmente, as vítimas do acidente se assustam e se desesperam, e é comum que elas queiram se levantar após o impacto. Porém, é indispensável que as vítimas se mantenham calmas e imóveis até que a equipe de socorro chegue ao local.

Para as vítimas do acidente que ainda estão dentro do carro, é importante que seja verificado se o cinto de segurança não está comprimindo a respiração, o que pode causar problemas de sufocamento. 

 

Primeiros socorros

Em casos de sangramento, é indicado que seja realizada uma compressão com tecidos, a fim de que a perda de sangue seja reduzida. Se for constatado que a vítima está tendo uma parada cardíaca, é necessário aplicar uma massagem cardíaca e respiração boca a boca, até que a equipe de socorro chegue. O procedimento pode salvar a vida da pessoa por manter a circulação sanguínea e a entrada de oxigênio no organismo.

 

Conte com os serviços da Medicar

Com a Medicar você tem o Serviço de Proteção a Terceiros no Trânsito, com ele você garante a tranquilidade no trânsito, pois independentemente do horário nós realizamos atendimento 24 horas por dia. Ele protege tanto os condutores associados quanto demais vítimas envolvidas, garantindo atendimento de uma equipe especializada em UTI Móvel.

Ter Medicar custa pouco, não ter pode custar uma vida. Entre em contato e saiba mais: 0800 940 0590

RECEBA NOVIDADES