O que é o câncer? Tudo o que você precisa saber sobre essa doença

Compartilhe
O que é o câncer? Tudo o que você precisa saber sobre essa doença

Câncer, uma doença que assusta a muitos por seu alto potencial letal. Afinal, estamos falando de uma doença que, segundo as estimativas do Instituto Nacional do Câncer, atingirá cerca de 625 mil pessoas por ano, entre 2020 e 2022. Descubra agora o que você precisa saber sobre essa doença e como é realizado o tratamento!

 

O que é o câncer?

Para podermos definir e identificar o câncer, precisamos entender como ele é desenvolvido e onde ele se inicia: diretamente nas células. A célula é a base da vida, pois todas as partes do nosso corpo são formadas por células.

As células possuem diferentes funções, e algumas são responsáveis pelo transporte de oxigênio para todo o organismo, enquanto outras são responsáveis pela segurança, agindo como agentes de defesa. Uma das características das células é o seu rápido poder de multiplicação e regeneração.

 

E é justamente durante a multiplicação que o câncer pode surgir. Ao ocorrer a multiplicação, a célula precisa replicar o seu DNA, e algum erro pode vir a ocorrer durante a replicação, dando origem a células mutantes que resultam em células cancerígenas.

 

Um dos maiores problemas representados pelas células cancerígenas é que elas geralmente possuem um tempo de vida maior do que as células saudáveis, além de que podem desenvolver um sistema de camuflagem, o que evita o combate das células do câncer pelo sistema imunológico.

 

Agentes cancerígenos

Um dos fatores relevantes para o erro que ocorre durante a replicação do DNA das células, resultando nas células do câncer, são os agentes cancerígenos. Mas, afinal, o que são os esses agentes?

 

Os agentes cancerígenos são as substâncias ou situações que favorecem e estimulam a desordem das células, promovendo as mutações. Ao longo dos anos foram identificadas centenas de agentes cancerígenos, entre eles:

 

- Álcool

- Tabaco

- Poluição

- Produtos químicos

- Radiações (como a exposição prolongada ao sol)

- Baixa imunidade crônica

- Vírus

- Fatores genéticos

 

Desenvolvimento dos tumores

O desenvolvimento das células do tumor benigno se inicia com a reprodução das células mutantes, que se aglomeram e se reproduzem cada vez mais, porém em uma velocidade mais lenta.

 

Diferente de tumores malignos e metástases, o câncer benigno é envolto por uma cápsula fibrosa, o que permite o crescimento do tumor de forma um pouco mais controlada, sem que se espalhe pelo corpo, se tornando um amontoado de células anormais. Geralmente, esse tipo de tumor cria protuberâncias na localização.

 

Já o tumor maligno se reproduz de forma acelerada e descontrolada, além de desenvolver um pequeno sistema de vascularização que abastece o tumor. Outro grande problema do tumor maligno é sua capacidade de espalhar-se para outras partes do corpo. Essa propagação é chamada de metástase. Ou seja, um tumor que originalmente criou-se no pulmão, pode se espalhar e atingir o fígado e outros órgãos.

Diferenças entre tumor e câncer

É importante frisar que há diferenças entre as duas doenças, ao contrário do que muitas pessoas acreditam. O tumor pode ser benigno ou maligno. Já o câncer é um tumor maligno, apresentando rápido crescimento que pode manifestar metástase, conforme mencionado acima.

Em nosso próximo artigo nós traremos de forma detalhada como é realizado e quais são os tipos de tratamento que o paciente, junto ao médico, pode optar em realizar. Enquanto isso você já pode contar com os serviços Medicar: possuímos atendimento emergencial com uma equipe médica de prontidão para atender aos chamados.

 

Além de que os nossos associados podem se beneficiar com a central de Orientação Médica por Telefone disponível 24h por dia, em que todas as dúvidas com um médico plantonista poderão ser sanadas. Saiba mais.

RECEBA NOVIDADES