Alergia a frutos do mar? Sintomas e sinais que você precisa se atentar

Compartilhe
Alergia a frutos do mar? Sintomas e sinais que você precisa se atentar

Alergia a frutos do mar? Sintomas e sinais que você precisa se atentar

É bem provável que você já tenha ouvido falar sobre pessoas que são alérgicas a frutos do mar. E não se engane, essa alergia pode ser mortal, pois quando ocorre o choque anafilático a pessoa acometida pode ir a óbito.

Diante deste grande perigo, é importante estarmos atentos aos perigos que os frutos do mar podem oferecer a quem é alérgico.

Por que frutos do mar causam alergia?


Alergias alimentares são causadas por uma reação adversa do corpo devido ao tipo de alimento que ingerimos. Essa reação é causada pelo sistema imunológico e provoca sintomas que têm o risco de aparecer na pele, no sistema digestivo e na respiração - o que pode ser fatal.

O grau de complexidade da alergia varia de acordo com cada caso. A reação do sistema imunológico pode causar apenas uma coceira na pele e nos lábios, mas em níveis mais graves pode provocar até mesmo paradas cardiorrespiratórias. 

Qualquer tipo de alimento pode causar alergias, seja leite de vaca, ovos, trigo, castanhas, amendoins, e claro, frutos do mar.

A alergia a frutos do mar (moluscos e crustáceos) pode provocar choques anafiláticos, o que causa reações graves e coloca a vida do acometido em risco. 

Moluscos e crustáceos


Os moluscos são compostos por mexilhões, polvos, lulas, ostras e lesmas do mar.

Já a classe dos crustáceos é composta por camarões, caranguejos, lagostas e lagostins. 

Normalmente, quem é alérgico a algum tipo de molusco também é alérgico a todos os outros. Por isso, não se engane. Se você já apresentou alergia a polvos, por exemplo, provavelmente será alérgico também a mexilhões e outros tipos. Essa premissa também é válida para os crustáceos. 

Sintomas de alergia 


Os sintomas mais comuns de alergia a frutos do mar podem ser: vômitos, falta de ar, tosse, pulso fraco, tontura, coceira na pele, lábios e língua e em outras partes do corpo.

As reações alérgicas são mais comuns durante a idade adulta. Contudo, é necessário se atentar a crianças que possuem asma, pois elas são as mais suscetíveis às chances de desenvolver reações alérgicas a frutos do mar. 
Algo importante que precisamos ressaltar é que, de modo geral, quem é alérgico a frutos do mar (crustáceos e moluscos) não possui ,necessariamente, alergia a peixes (atum, salmão, etc). Por isso, fique atento.

Como descobrir se tenho alergia a frutos do mar? 


A melhor maneira de descobrir se você é alérgico a frutos do mar é através do teste de alergia. Existem vários tipos de testes para verificar se o paciente possui alergia. O mais comum é o teste cutâneo. 

Neste teste, a camada superior da pele é atingida e exposta ao antígeno de que se suspeita a alergia. Se a pele ficar avermelhada, como se tivesse sido picada por um inseto, o resultado é positivo. Quer verificar se possui alergia a frutos do mar? Consulte um médico alergista e peça por um exame. O teste é rápido e simples. Se previna e cuide da sua saúde.

Em caso de emergência:

A Medicar oferece cobertura para emergências 24h por dia, que atendem planos individuais, familiares e empresariais. Entre em contato conosco para receber o serviço de qualidade Medicar! 

Fale conosco agora!

RECEBA NOVIDADES